sac@lordellotreinamento.com.br
+55 11 4759 1939

Publicações

Dicas importantes segundo experiências vivenciadas.

Durante o assalto: o que fazer?

A prática de roubo já se tornou acontecimento comum na maioria das capitais do Brasil. O crescimento das cidades, traz consigo a violência urbana e é desta violência que devemos nos proteger.

Praticamente todos nós já tivemos um parente ou amigo que foi assaltado ou esteve sob a mira de um revólver. Alguns saíram ilesos e outros, infelizmente, foram baleados. Aí surge uma pergunta importante e útil: “Por que algumas vítimas morrem nas mãos de um ladrão e a grande maioria sai ilesa, perdendo apenas seus pertences?”

A resposta a esta pergunta é crucial para a sobrevivência de muitas vítimas. Preste bastante atenção no relato de um bárbaro crime que ocorreu em São Paulo: Mário da Silva deixava sua residência com seu veículo, acompanhado do filho Jonatas de apenas 3 anos. Repentinamente surgem dois marginais armados que anunciam o assalto. O susto, teria feito o motorista acelerar o carro. Um dos criminosos fez um disparo que atingiu o peito da criança que faleceu antes de chegar ao pronto socorro.

Vamos supor que o amigo leitor fosse convidado para ir a um acampamento no meio da selva amazônica. Provavelmente você teria antes de passar por um treinamento para aprender a lidar com os perigos da mata fechada e suas armadilhas ardilosas. Sabedor de todas essas orientações, você com certeza correria menos riscos do que uma pessoa que se recusa a aprender essas informações valiosas.

Vamos a um outro caso que vivenciei como Delegado de Polícia: o ajudante geral M.H.B. conduzia sua motocicleta, com a namorada na garupa. Repentinamente surge outro motociclista que emparelha sua moto com a de M.H.B. O garupa saca de sua arma de fogo e anuncia o assalto. O ajudante geral acelera a motocicleta e o marginal faz um disparo atingindo as costa da namorada de M.H.B. que fica paraplégica.
• Uma pergunta se faz presente: Como se portar durante um ato criminoso?

1) No momento em que o bandido tira o revólver da cintura ou anuncia verbalmente o assalto, a vítima não deve tentar fugir, correndo ou acelerando moto ou carro. Nesses casos normalmente o marginal faz um disparo na direção da vítima que tenta evadir-se;

2) Jamais reaja, pois 90% das vítimas que tentaram impedir um assalto foram baleadas;

3) Não realize movimentos bruscos, pois o criminoso pode imaginar que você esta esboçando uma reação ou tentando pegar uma arma de fogo;

4) Iniciado o roubo permaneça imóvel, mostrando sempre as mãos e siga as determinações do bandido;

5) Antes de realizar qualquer movimento (principalmente com as mãos) avise verbalmente o marginal para que ele não leve um susto e acabe acionando o gatilho do revólver;

6) Após anunciar o movimento que pretende realizar, faça-os de maneira lenta, sem afobação;

7) Evite movimentos bruscos e rápidos;

Solicito que o leitor divulgue essas dicas aos familiares e amigos, como forma de combatermos a violência urbana.

Dr. JORGE LORDELLO
Escritor Internacional
Pesquisador Criminal
Palestrante e Conferencista
Delegado de Polícia Licenciado
Consultor de Segurança
Apresentador do Programa Proteja-se

© Direitos Autorais Reservados

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: