sac@lordellotreinamento.com.br
+55 11 4759 1939

Publicações

Dicas importantes segundo experiências vivenciadas.

Profissionais liberais são alvos dos ladrões

Diadema em Notícia – www.cmdiadema.sp.gov.br
Luciano Cavenagui

O rapaz reclama de dor de dente e quer ser atendido de qualquer maneira no fim da tarde. A dentista, preocupada com o dever profissional, atende mesmo sem ter hora marcada. Momentos depois descobre que o paciente é na verdade um assaltante ou um estuprador.

Casos com cenas semelhantes estão preocupando cada vez mais as mulheres profissionais liberais. Além de dentistas, advogadas, psicólogas, arquitetas e corretoras de imóveis, entre outras, passaram a se precaver para evitar a violência que estão sujeitas a sofrer no ambiente de trabalho.

Um caso recente que causou comoção foi o assassinato da arquiteta Jamile de Castro Nascimento, 24 anos, morta em julho na Vila Mariana, na Zona Sul da Capital, pelo porteiro Jadson dos Santos, 32.

Especializada em avaliação de imóveis, Jamile tinha ido ao local para avaliar por quanto poderia ser vendido um dos apartamentos.

Pensando nesse tipo de problema, o consultor em segurança Jorge Lordello, delegado licenciado, irá lançar, no começo do ano que vem, um livro com dicas de prevenção para mulheres no trabalho.

“Entrevistei cerca de 250 mulheres, das mais diversas profissões, e colhi relatos sobre o que elas passaram no trabalho. Não só profissionais liberais, mas também casos de assédio sexual dentro de empresas ou em casas, como empregadas domésticas”, afirmou Lordello.

As sugestões no livro estarão divididas: mulheres que possuem escritórios ou consultórios, que trabalham em empresas ou residências (casos de assédio sexual) e aquelas que visitam imóveis, como corretores e arquitetas, por exemplo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: