sac@lordellotreinamento.com.br
+55 11 4759 1939

Publicações

Dicas importantes segundo experiências vivenciadas.

Quadrilha faz arrastão no Morumbi

Jornal O Estado de S. Paulo

Uma quadrilha armada com pistolas e metralhadoras rendeu e assaltou três famílias em um pequeno condomínio fechado no Morumbi, com 20 casas protegidas por muros, portões de ferro e guarita. “Parece que passou um furacão por aqui em casa”, disse uma das vítimas, um médico. A ação foi parecida com a ocorrida no dia 13 de Junho em um condomínio vizinho, com a diferença que desta vez os criminosos agiram com bastante violência. Todas as casas do condomínio tem um alarme silencioso que avisa uma central de segurança sobre qualquer incidente, como o assalto de anteontem. “Graças a Deus ninguém acionou o alarme, estava todo mundo rendido, seria uma tragédia”, avaliou.

Segundo o especialista em segurança Jorge Lordello, que há dois anos coleta dados de assaltos a condomínios em São Paulo, o arrastão de ontem se enquadra no padrão tabulado em suas pesquisas – assalto entre 18h30 e 23 horas (54% do total) e invasão iniciada pela entrada de veículos (41%). Para ele, só com ações preventivas é possível inibir um arrastão com elevado número de bandidos ostentando pesado arsenal. “A lógica do marginal é a do menor risco e ele faz um levantamento e calcula esse risco. Com um bom sistema de segurança – que precisa da colaboração dos condôminos – o bandido se sente inibido e vai procurar outro local ou crime”, disse. O presidente da Sociedade dos Moradores do Morumbi, Carlos Magno Gibrail, defende o uso do aparato tecnológico: “Nossa posição é essa, que as pessoas assumam mais a responsabilidade pela sua segurança e invistam em tecnologia”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: