sac@lordellotreinamento.com.br
+55 11 4759 1939

Publicações

Dicas importantes segundo experiências vivenciadas.

Onde você guarda seu cartão de crédito?

Se o leitor possui cartão de crédito, deve prestar bastante atenção no relato seguinte, pois pode lhe evitar prejuízos e dissabores. Recebi e-mail incrível de uma moça cujo nome é Laís, e o assunto serve de alerta para todos aqueles que se utilizam de cartões magnéticos. Acompanhe: “Na semana passada estava conversando com algumas funcionárias da empresa que gerencio, quando uma delas comentou ter estranhado certos gastos registrados em sua fatura do cartão de crédito. Imediatamente, a vendedora de nome Isabela disse: “Sabe que também tive a mesma dúvida no mês passado, mas como as despesas foram lançadas nos comércios que costumo comprar, achei que tinha exagerado nas compras. A coordenadora Marta salientou que também tinha se surpreendido com as últimas despesas no seu cartão, mas como sua filha também o utiliza, pagou sem verificar a procedência. O comentário sobre os gastos passou a ser levado na brincadeira, levando à conclusão que deveriamos ter mais controle ao gastar, para depois não vir o arrependimento. Naquele dia, ao chegar em casa, vi que minha fatura do cartão de crédito havia sido entregue. Ao abri-la, levei um susto com o elevado valor. Observando mais atentamente, notei que todos os débitos haviam sido efetuados nos comércios perto de minha casa, mas as quantias eram demasiadamente altas. Liguei imediatamente para a operadora e fui informada que parte das compras haviam sido efetuadas pela internet. Fiquei indignada, pois jamais havia utilizado sites de compras. Pedi o cancelamento daqueles valores, mas fiquei curiosa em saber qual o endereço fornecido pelos fraudadores para recebimento das mercadorias adquiridas com meu número do cartão de crédito. Para minha surpresa, o endereço era de uma funcionária da empresa em que trabalho. Conversando com as outras colegas de serviço, descobrimos o que estava acontecendo. Essa moça, recém contratada, se utilizando de diversos subterfúgios, teve acesso a nossas bolsas, quando anotou os números dos cartões de crédito, e, como conhecia nossas rotinas, comprava pela internet nos comércios que frequentamos, para, assim, diminuir suspeitas. O erro fatal foi que a bandida mandava entregar as compras em sua própria residência”. Portanto, amigo leitor, faço um alerta especial às mulheres, para guardarem suas bolsas em locais seguros, mesmo no ambiente de trabalho. Jamais devemos deixar carteira sobre a mesa ou em gaveta que não possua fechadura.

 

JORGE LORDELLO
Pioneiro em Palestras “in company” sobre Segurança Pessoal e Patrimonial
Especialista em Segurança Pública e Privada
Palestrante e Conferencista
Escritor Internacional e Articulista com mais de 2500 artigos publicados
Pesquisador Criminal
Conhecida na mídia como “Doutor Segurança”
www.lordellotreinamento.com.br
jlordello@uol.com.br

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: