sac@lordellotreinamento.com.br
+55 11 4759 1939

Publicações

Dicas importantes segundo experiências vivenciadas.

“Boa Noite Cinderela” – 8 dicas de segurança para não ser dopado na balada

A primeira lição de segurança que pais ofertam a filhos que passam a andar sozinhos nas ruas é a seguinte:

“ Não converse com estranhos na rua, é muito perigoso ”.

A orientação parece correta, mas na verdade não é!

O contato com pessoas desconhecidas é natural no cotidiano. Se não conversarmos com estranhos, ficaremos impedidos de fazer muitas coisas na vida.

A dica de segurança tem que ser aprofundada para não se tornar banal e sem efeito.

Para ilustrar meu raciocínio, cito estatística policial da cidade de São Paulo sobre o famigerado golpe intitulado “Boa Noite Cinderela”. Dados criminais apurados de jan/2016 a ago/2017, mostram o seguinte:

  • 123 boletins de ocorrência registrados por pessoas dopadas em bares enquanto bebiam com estranhos.
  • 6% das vítimas foram mulheres e o restante do sexo masculino, ou seja, 94%.
  • Bairros onde esse tipo de crime foi praticado:

a) República – 35 casos

b) Consolação – 11 casos

c) Santo Amaro – 10 casos

d) Santa Cecília – 8 casos

d) Pinheiros – 8 casos

Outro dado importante, é o local onde as vítimas tiveram seus pertences subtraídos após ficarem atordoadas ou desacordadas em decorrência da ingestão de substância entorpecente inserida sorrateiramente em drinks:

  • 27 casos na via pública
  • 24 casos na casa ou apartamento da vítima
  • 18 bar
  • 09 hotel ou motel
  • 07 boate ou casa noturna
  • 28 casos foram de vítimas que não souberam informar o local do crime pois tiveram perda de memória

Quais foram os crimes registrados em razão do “Boa Noite Cinderela”?

  • 87 assaltos
  • 23 furtos
  • 05 estupros
  • 04 estelionatos

Quais substâncias são colocadas nas bebidas alcoólicas e não alcoólicas e o que provoca nas vítimas?

  • Ansiolítico: é um medicamento usado como redutor da ansiedade, mais conhecido como calmante.
  • Ecstasy líquido: droga ilegal que provoca efeitos alucinógenos
  • Anestésico de uso veterinário: deixa as vítimas atordoadas

Essas drogas funcionam como relaxante muscular de rápida ação. Em apenas 30 minutos a vítima já apresenta sinais claros de sonolência. Especialistas dizem que a pessoa fica parecida a uma “boneca de pano”, incapaz de qualquer reação. A diluição dessas substâncias pode ser feita também em refrigerantes e energéticos.

Uma porção generosa de apenas um desses componentes já é suficiente para derrubar uma pessoa. Imaginem todos eles misturados em uma única bebida?

Seria pueril de minha parte dizer para as pessoas solteiras ou desacompanhadas, que saem à noite com intuito de conhecer alguém para fins amorosos ou sexuais, que não conversem com estranhos. Melhor então reunir os amigos em casa e inibir desejos ligados a amor e sexo.

Após estudar com afinco por mais de 30 anos o fenômeno da violência urbana, posso dizer, com convicção, que não se deve dizer para alguém deixar de fazer o que tem vontade na vida; seria limitador e por demais simplista.

O correto é fazer tudo o que quiser, lógico que dentro do bom senso, mas antes se deve pensar em prevenção e proatividade.

Em uma de minhas palestras, digo a seguinte frase aos participantes:

“ Não há trabalho tão importante e nem lazer tão urgente que não possam ser feitos com segurança ”.

Portanto, ao conhecer alguém num bar, balada, festa ou evento qualquer, procure seguir as seguintes orientações de segurança:

1) Jamais aceite bebida alcoólica, suco de frutas ou até mesmo água;

2) Peça diretamente sua bebida ao garçom. Se a bebida for lacrada, verifique se foi aberta na sua frente, caso contrário, melhor pedir para trocar. Bebidas servidas em doses ou feitas por barman, é mais seguro ir diretamente no balcão e retirar o pedido;

3) Mantenha o copo sempre em seu raio de visão. Quando estiver em pé, segure-o com uma das mãos no bocal, evitando, assim, que alguém insira substância entorpecente. Se for dançar, leve o copo consigo. Se não for permitido pela segurança do local, descarte a bebida.

4) Tenha em mente que o golpe “Boa Noite Cinderela”, geralmente, é praticado por dupla ou trio de pessoas. Sempre terá alguém tentando distrair a vítima escolhida para que o comparsa faça o serviço sujo de dopagem;

5) O exagero no uso de bebida alcoólica gera perda do senso de perigo, tornando, assim, a pessoa mais vulnerável;

6) Não aceite e não ofereça carona a estranhos, por mais carente que você esteja, mesmo que o parceiro (a) tenha excelente aparência e bom papo. Cuidado com lobo em pele de cordeiro;

7) Se numa eventualidade você começar a passar mal, afaste-se da pessoa que estiver ao seu lado, pois a possibilidade de estar na presença de um algoz é grande. Procure ajuda do gerente do estabelecimento ou do chefe da segurança;

8) Tenha em mente as seguintes regras básicas para a balada:

a) Se for com turma, volte sempre com os mesmos amigos;

b )Se for sozinho(a), volte sempre sozinho(a);

c) Em hipótese alguma aceite ou ofereça carona.

Para finalizar, e para reforço da conscientização dos leitores quanto aos riscos de serem vítimas do golpe Boa Noite Cinderela, vou mostrar as principais consequências da ingestão desses medicamentos proibidos:

1) Sensação de euforia seguida de depressão, chegando à perda da noção do que é certo ou errado.

2) Sensação inicial de prazer com risco de convulsões subsequentes, além de depressão respiratória e possibilidade de chegar ao coma.

3) A pessoa se sente anestesiada, impotente e desorientada; não mantém condições de enfrentar qualquer situação; fica totalmente à mercê de seu algoz.

As intenções dos marginais praticantes dessa modalidade criminosa são as piores possíveis; transitam pelo roubo, furto, sequestro e violência sexual.

 

JORGE LORDELLO
Pioneiro em Palestras “in company” sobre Segurança Pessoal e Patrimonial
Especialista em Segurança Pública e Privada
Palestrante e Conferencista
Escritor Internacional e Articulista com mais de 2500 artigos publicados
Pesquisador Criminal
Conhecida na mídia como “Doutor Segurança”
www.lordellotreinamento.com.br
jlordello@uol.com.br

Deixe uma resposta

Obrigado por adquirir este produto do Método Lordello. Esperamos que tenha um ótimo aprendizado. Dispensar

%d blogueiros gostam disto: