sac@lordellotreinamento.com.br
+55 11 4759 1939

Publicações

Dicas importantes segundo experiências vivenciadas.

O que você faz quando não consegue abrir um produto que comprou no supermercado? Experiências de quem passou de cliente à vítima!

Você já comprou algum produto e ao tentar abrir não conseguiu?

Tenho absoluta certeza que a resposta foi afirmativa.

Há anos, por indicação de minha nutricionista, compro suco de uva integral na garrafa de vidro. Já experimentei praticamente todas as marcas disponíveis no mercado e em boa parte delas tive dificuldades para abrir a tampa, que é fechada à vácuo.

No mês passado comprei, pela primeira vez, suco de uva orgânico, mas a experiência foi desastrosa, pois a tampa de rosca não abria de jeito nenhum. Tentei diversas formas, inclusive usando faca afiada para romper o lacre. Depois de cerca de 20 minutos praticamente arrombei a tampa e quase me machuquei.

É claro que não iria mais comprar suco da tal marca, mas depois de algumas semanas, em razão da pressa do dia a dia, acabei comprando do mesmo fabricante por engano e, novamente, tive imensa dificuldade em abrir a tampa, tanto que, depois de 30 minutos de tentativa desisti, pois minha mão direita já estava doendo em razão de colocar tanto esforço.

O mesmo fato aconteceu com uma embalagem de iogurte natural com proteínas. Após experimentar várias marcas, identifiquei algumas que abrem com muita facilidade enquanto outras necessitam de muito esforço ou até mesmo o uso de uma faca para romper a embalagem.

Em decorrência dessas fatídicas experiências, não me sinto “cliente” e sim “vítima” desses fabricantes.

Mas por que isso acontece?

Tal absurdo chama-se “economia burra”, ou seja, é a ganância de alguns empresários, que pensando apenas no lucro, “esquecem” de atender as demandas e direitos dos compradores.

Tão importante como a qualidade de um produto, é a praticidade em consumi-lo. Não se pode exigir que o cliente/vítima tenha que fazer enorme esforço físico ou até mesmo usar de facas ou quaisquer outras ferramentas pontiagudas para ter acesso ao alimento adquirido.

É total falta de profissionalismo e respeito ao cliente.

Divulgando as agruras a que me sujeitei ao consumir esses produtos, tomei conhecimento de relatos de pessoas que se machucaram gravemente tentando abrir alguma mercadoria, principalmente idosos.

Descobri que as embalagens são responsáveis por 7,5% dos acidentes de consumo registrados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) sendo que 36% dos acidentes de consumo com embalagens geram em média afastamento do trabalho e atendimento médico.

Conheci uma pessoa que tentou abrir uma embalagem com os dentes e a força inserida foi tão grande em razão do nervoso que ficou, que acabou parando no dentista.

Portanto, amigo leitor, ao escolher produtos na prateleira, não adianta apenas verificar preço mais baixo ou buscar produtos de boa qualidade, é preciso também analisar com cautela se a embalagem é adequada.

Outro ponto a ser observado é que boa parte das embalagens não traz no rótulo nenhum tipo de instrução sobre o modo correto de abri-las, e assim é claro o consumidor acaba manipulando a tentativa de abertura  de forma errada, gerando assim risco de acidente pessoal.

Fiz questão de retornar ao supermercado onde tinha comprado o suco de uva e o iogurte; informei o problema existente nas embalagens e exigi devolução do valor que tinha pago.

Além disso, enviei reclamação para o SAC de ambas as empresas, e por último, tenho espalhado aos amigos o nome dessas marcas que não respeitam os direitos dos consumidores brasileiros.

Podemos ainda expor a indignação em sites como o https://www.reclameaqui.com.br/ , que tambem é canal interessante para consultas à reputação de marcas, produtos e empresas.

Se ocorrer a necessidade de utilizar serviços médicos em decorrência de acidente ao tentar abrir embalagem solicite laudo do profissional e guarde comprovantes de todos os gastos. Em seguida procure a Justiça para exigir indenização e ressarcimento de todos os danos.

Não mudaremos o Brasil reclamando para as paredes de casa ou simplesmente deixando para lá “pois dá muito trabalho”.

É preciso exercer o direito de cidadania e pressionar de todas as formas os fabricantes e os comerciantes no sentido de respeitarem o consumidor, que paga pelo que consome, muitas vezes mais do que deveria e, portanto, merece produtos honestos e de absoluto qualidade.

Através de minhas redes sociais fiz a seguinte pergunta aos seguidores

VOCÊ JÁ COMPROU PRODUTO NO SUPERMERCADO E CHEGANDO EM CASA NÃO CONSEGUIU ABRI-LO?
Se respondeu afirmativamente gostaria que fizesse comentário contando sobre essa péssima experiência.

Para minha surpresa recebi centenas de relatos. Resolvi incluir neste artigos alguns para que o leitor observe que o citado problema realmente está no dia a dia do brasileiro:

Miriam Caruso Albachiara Azeite cheguei a me cortar pra tentar abrir……

Lise Fülber O lacre da lata de atum quebrou e ainda cortei meu dedo, fiquei muito chateada pois tomo anticoagulante e tive um problema bem sério.

Kênia Brasil Tem umas garrafas de azeite que tem uns lacres que são pra gente ao rodar a tampa, ele se romper; mas Nsa! A maioria das vzs tenho que ir na base da faca😁
E as caixas de leite também são um porre. Mesmo as que têm o lacre. Ao puxar, derrama tudo!

Sara Wilma Oliveira Silva Eu ia viajar e na rodoviária, comprei uma água mineral , com muita sede tentei abrir e não consegui, meu marido que tem muita força tentou tbém é foi em vão, já no ônibus tentei por diversas vezes e nada, deixei a garrafa no ônibus sem abrir, para que alguém encontrasse e quem sabe conseguisse abrir e tomar a água. Fiquei com muita raiva, porque estava com muita sede!

Antonia Queiroz Nunca consegui abrir um kitute como manda o fabricante eu sempre apelo para o abridor

Sandra Riva Sim, vinagre, azeite(acabei cortando o dedo) e limpador multiuso q era bom mas muito difícil de abrir.

Renailda Ribeiro Várias vezes já aconteceu, a mais recente foi um vinagre depois de muito sacrifício saiu a parte que não era pra sair e derramou quase tudo. Isso acontece tbm com detergente e o azeite, e lacre do sabão em pó NUNCA funciona pra fechar de novo. Nunca reclamei nem com o supermercado nem com fabricante.

Nair Souza Já comprei várias coisas que não consegui abrir…exemplo, bolacha q vem com uma fitinha vermelha tudo enganação, saridinha, leite condensado.Aquela lacre quebra e depois tem q apelar para o abridor de garrafas!!São tantas coisas

Vânia Lacava Sim, garrafa de azeite e coca cola pet de 3 litros.

Suely Cavalcante Sardinha em lata com aquele abridor dela mesmo. Não abre

Elaine Cristina Sim. Muitas vezes. Abri no facão, mas nunca fui saber se tenho algum direito.

Denise Schmidt Souza Acontece sempre com pacote de biscoitos que vêm com aquela fitinha vermelha para abrir. Não consigo de jeito nenhum. Preciso usar uma faca.
Lata de sardinha com abridor sempre quebram antes de abrir a lata.
Óleo de soja. O lacre não abre, é quando consigo abrir a tampa não fecha mais.
Embalagens de produtos congelados com aquele zip. Nunca consigo abrir e é preciso cortar.
Tampa de shampoo que quebra quando se tenta abrir.
Vidro de azeitona sempre preciso usar uma faca para o ar passar primeiro.
São tantos produtos que daria uma folha A4. Já tentei reclamar, mas sem sucesso. 😣

Eunice Mendes Já, uma lata de leite condensado, quando eu fui abrir caiu o lacre.

Rosana Lucia Favero Aquelas Garrafas de leite, suas tampas são terríveis e até mesmo as caixinhas com lacre além de serem ruins ainda promovem desperdício. Complicado isso principalmente para os idosos, deveriam pensar em uma embalagem mais simples e de fácil abertura.

Lianah Santos Aquelas latas de sardinha e de atum, que vem com o puxador para facilitar a abertura. Só q não! 😁abro com o abridor de latas mesmo💁 tem também embalagens de óleo de cozinha e vinagre, tem que puxar um lacre de plástico colado na tampa. Aquilo quando quebra , só usando a faca para terminar de abrir 🤔 pra finalizar outro produto complicado para abrir, é o leite fermentado em emb. de 1 litro. Ao abrir a tampa de rosca, tem 1 lacre de alumínio fixado na embalagem que às vezes tem que ser retirado com faca😓

Leila Cristina da Conceição Geralmente comigo a dificuldade maior são pacotes de macarrão instantâneo ,iogurtes com lacre metálico e embalagens de chocolates em barra..as vezes estraga..mas não abre!

Maria De Fátima Miranda ja sim o leite de garrafa Fazenda é difícil de abrir tem que usar faca, mais eu pensei que era correto.

Cristina Araújo Ja, por diversas vezes. Comprei refrigerante de uma determinada marca e tive q cortar a tampa com a faça.

Rosaura Preto Embalagem de chocolate em pó que não abre, exemplo Toddy. Embalagem de café a vácuo. Mesmo cortando com tesoura é difícil achar a abertura.

Marli Lopes Ingrevallo Eu já! Comprei uma margarina nova da Vigor! Embalagem linda !Unico defeito é que eu depois que varias tentativas a tampa não saia! Falei com o fabricante e eles mudaram a tampa! Legal né?

Betty Albuquerque As embalagens brasileiras são um caso de stress a parte! Ou não fecham e qdo fecham vc não consegue abrir 😡

Márcia Tats Comprei um pacote de agua mineral com 16 garrafinhas e todas as vezes q vou abrir uma garrafinha, tem uma “rebarba” pontiaguda ee cortante na tampa que acaba perfurando ou cortando o dedo!Ainda nso reclamei, mas com certeza irei entrar em contato com o SAC desta empresa!

Rosangela Vieira Batata palha quando vai abrir o pacote rasga e preciso mudar de embalagem!

Ana Maria Cifu Aconteceu recentemente: minha mãe comprou uma garrafinha de guaraná Antárctica de 600ml e quem disse que conseguia abrir? Pediu pra mim porque ela achou que por ter 79 anos estava fraca. Não consegui mesmo fazendo muita força e segurando com um pano úmido. Estávamos quase desistindo quando minha mãe teve a idéia de pegar um alicate grande. “abracei” a tampa com o alicate e segurei bem firme e minha mãe segurando a garrafinha. Finalmente abriu.

Melo Dih Por coincidência hoje no hora café ao tentar abrir um pacote de bolachas da Vitarella, tentei de todas as formas encontrar a ponta daquela fitinha vermelha, mas foi inútil não teve jeito. Fui até a cozinha, peguei uma faca e cortei a embalagem, não fiz nada contra o fabricante! Mas, é uma chateação!

JORGE LORDELLO
Pioneiro em Palestras “in company” sobre Segurança Pessoal e Patrimonial
Especialista em Segurança Pública e Privada
Palestrante e Conferencista
Escritor Internacional e Articulista com mais de 2500 artigos publicados
Pesquisador Criminal
Conhecida na mídia como “Doutor Segurança”
www.lordellotreinamento.com.br
jlordello@uol.com.br

Deixe uma resposta

Obrigado por adquirir este produto do Método Lordello. Esperamos que tenha um ótimo aprendizado. Dispensar

%d blogueiros gostam disto: